O dependente químico não é um desavergonhado. Ele ou ela apenas precisa de ajuda. Precisa encontrar o fio da meada, para restabelecer um novo caminho. Vamos retirar o véu da ignorância e encarar o problema ”drogas “de frente!Vamos falar mais e exaustivamente neste assunto. Vamos abordar a dependência química de uma forma que dificulte a entrada dela em nossas vidas ou lares e nos peguem desprevinidos. Vamos falar infinitamente que drogas não é o fim da linha. Que melhor do que conseguir sair dela é justamente não entrar. Quero dizer-lhes que lá no fim do túnel existe uma luz e uma voz meiga e doce, chamando para vida.Vamos abraçar a causa e ajudar quem está morrendo nas drogas.
“Não tenho vergonha do que fui, hoje sou um mais do que vencedora”
E SE EU PUDE, QUALQUER UM PODE TAMBÉM!

Não se apegue às pedras do caminho

Sua vida pode ser um grande fardo, graças às pedras que você vem levando junto pelo caminho. E não se engane: as pedras que ger...