Somente um Deus amoroso e misericordioso pode enxugar as minhas lágrimas e devolver-me à uma vida que vale á pena ser vivida.
Eu não conseguia PERCEBER isso e acabei pintando tudo que via pela frente de cinza, preto e branco. Hoje, ao lado deste Poder Superior, e com a minha recuperação, já posso ver despontar as belas cores da vida e enaltecer com simplicidade e gratidão tudo que ELE já me proporcionava e eu não via...
Não estou aqui pregando o evangelho, nem falando de religião. Estou falando da força de um poder superior amoroso, que para mim, chama-se Deus.
Eu tentei chegar há vários lugares sozinha. Usei a minha força e cansei. Tentei resolver os meus problemas e fraquejei.
Me perdi de mim, da vida, dos meus amigos, e de tudo que me preenchia por dentro. Arrisquei tantas coisas quando resolvi tirar-me das mãos de Deus pegando o controle da minha vida.
Eu perdi a direção a ser seguida e estacionei em um purgatório de lamentações, depressão e síndrome do pânico. Hoje, vejo que sem Deus eu não sou nada.
E Deus, com a sua infinita misericórdia, me colocou em seu colo, e disse-me: Filha, eu ainda estou aqui, você ainda pode me sentir? Pode me aceitar e me deixar cuidar de todas as suas dores e curar as suas feridas?
E eu chorando muito disse-lhe:
Deus, perdoe-me por ficar tanto tempo longe de ti e por ter me esquecido que só tu é o meu Senhor e salvador. Tu, ó Senhor, mesmo com a minha desobediência e ingratidão não esquecestes de mim.
Digo-lhes amigos, que viver longe do amor incondicional de Deus, nunca mais!
Esperei 9 anos da minha vida para compreender que sem Deus eu não vou chegar a nenhum lugar.
Quanto tempo eu perdi... Mas foi bom, por que aprendi que até naqueles momentos em que eu achei que estava sozinha, Deus me carregava em seus braços.
Deus está no controle da minha vida. E eu sei que falar sobre isso, não é fácil. Não tenho a pretensão de convencer a ninguém sobre o grande amor de Deus, isto vai da espiritualidade de cada um, mas eu preciso dividir com vocês a alegria que estou sentindo.
Eu era uma pessoa muito triste, apesar de estar a quase uma década sem usar drogas, ainda me faltava algo. Hoje, não me falta mais nada. Aquele buraco, o vão que existia em minha vida, está sendo preenchido por Deus.
Sei que sofro de uma doença incurável chamada adicção. Deus me marcou com esta doença para que Ele não me perdesse de vista.Não falo de cura, pois sei que estarei até o fim dos meus dias em eterna recuperação. Hoje falo de paz e isso, eu tenho certeza que todo mundo quer, né?
Obrigada por fazerem parte da minha vida.

"Ao deixar que prevalecessem as minhas vontades, pensei que rumava à liberdade. Mas, na verdade, era  só solidão..."
Darléa Zacharias

Não se apegue às pedras do caminho

Sua vida pode ser um grande fardo, graças às pedras que você vem levando junto pelo caminho. E não se engane: as pedras que ger...