Sabe, o tempo vai passando e estou amadurecendo em muitas coisas, em outras, ainda não... Mas percebo que avancei, mudei o que jamais imaginei conseguir modificar... 
Ainda sou insegura e imatura para tomar decisões... Custo a compreender as maledicências da vida e dos seres tidos como humanos, mas já tento manter a minha mente aberta para perceber  a diferença  e o valor de um só instante apenas de aceitação,
e saber o quanto me custa caro uma atitude intempestiva ou impulsiva...

 Sei que jamais serei perfeita, até porque, perfeição, hoje, não é uma meta, mas estou tentando me adequar a este mundo louco, e principalmente, não levar demasiadamente à serio as minhas próprias sandices...
Darléa Zacharias   


* Texto com direitos autorais

Não se apegue às pedras do caminho

Sua vida pode ser um grande fardo, graças às pedras que você vem levando junto pelo caminho. E não se engane: as pedras que ger...